Planos de Saúde com Coparticipação

17/09/2018

É o plano de saúde em que o beneficiário paga um valor à parte pela realização de um procedimento ou evento.

Não há diferença na cobertura e na qualidade dos serviços, entre os planos com e sem coparticipação. Ambos possuem a mesma rede credenciada de hospitais, clínicas, laboratórios e médicos, e os dois tipos de contrato são regulamentados pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A diferença é que, nos planos com coparticipação, as mensalidades, costumam ser menores que nos planos sem coparticipação. Isso ocorre porque, o cliente paga um valor pode cada serviço que utilizar, além da mensalidade. Esse valor, não é pago no ato do atendimento, mas juntamente com a mensalidade do plano de saúde.

No geral, essa taxa de coparticipação corresponde a um percentual sobre o valor dos procedimentos, mas é comum que as operadoras limitem a um valor máximo.

Se o procedimento custa R$ 150,00 e a taxa de coparticipação é de 20%, logo o cliente pagará, além da mensalidade, mais R$ 30,00.

Porém, se o procedimento custa R$ 1.400,00 e o limite máximo é de R$ 80,00, será esse o valor pago e não R$ 280,00, que corresponderia a 20%.